Teresina - PI

Família de Aretha vai recorrer de decisão que anulou provas do crime

“Cabe recurso, estamos aguardando a publicação da decisão para ingressar com recurso”, afirmou o advogado Marcos Nogueira.

Wanessa Gommes
Teresina
- atualizado

O advogado da família de Aretha Dantas, Marcos Nogueira, informou ao GP1, na noite desta sexta-feira (12), que vai recorrer da decisão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí que anulou, nessa quinta-feira (11), provas colhidas contra Paulo Alves dos Santos Neto, acusado de matar a cabeleireira.

A defesa de Paulo alegou que não havia mandado para que policiais entrassem na casa do acusado, onde as provas foram colhidas. “As provas anuladas foram as encontradas na casa dele, o carro, as roupas, a faca, o celular dela. Foi alegado que não havia mandado para a polícia entrar na casa”, afirmou.

  • Foto: DivulgaçãoAssassino de Aretha Dantas, Paulo AlvesAssassino de Aretha Dantas, Paulo Alves

Questionado se a decisão do TJ pode ser revertida, Marcos respondeu. “Cabe recurso, estamos aguardando a publicação da decisão para ingressar com recurso”.

Ainda de acordo com o advogado, com a anulação das provas Paulo pode ser solto a qualquer momento. “Vai prejudicar, porque ele pode ser solto a qualquer momento, a polícia vai ter que ir atrás de novas provas, o promotor vai ter que ir atrás de novas provas para condená-lo”, declarou.

O advogado disse também que a família de Aretha teme que o crime não seja punido. “Estão muito indignados, porque é um crime que está caminhando para ficar impune”, finalizou.

O crime

Aretha foi encontrada morta com perfurações de arma branca e sinais de atropelamento, na madrugada de 15 de maio de 2018, na Avenida Maranhão, zona sul de Teresina. O ex-companheiro dela, Paulo Alves dos Santos Neto, foi considerado o principal suspeito do crime.

  • Foto: Facebook/Aretha ClaroAretha Claro, encontrada morta na Avenida Maranhão Aretha Claro encontrada morta na Avenida Maranhão

Na noite do dia 16 de maio, Paulo se entregou à polícia e confessou a autoria do homicídio, mas disse que cometeu o crime para se defender.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Assassino confesso de Aretha Dantas vira réu na Justiça

Acusado de assassinar Aretha Dantas é preso pela Polícia Civil

Polícia encontra faca usada para matar cabeleireira Aretha Dantas

Mulher morre após ser esfaqueada e atropelada na Avenida Maranhão