Esportes

Mauro Naves confessa participação no caso Neymar e é afastado

O jornalista esportivo confessou ao Grupo Globo que havia repassado o contato do telefone de Neymar pai ao ex-advogado de Najila Trindade.

Jonas Carvalho
Teresina
- atualizado

Nessa quarta-feira (05), o Jornal Nacional anunciou o afastamento do repórter Mauro Naves, setorista da seleção brasileira na Granja Comary, por ter confessado participação no caso Neymar. A decisão da empresa veio após carta aberta à imprensa publicada na última terça-feira (04) pelo ex-advogados de Najila Trindade que afirmam ter se reunido com Neymar pai a convite do próprio pai do jogador.

Neymar pai acusou o jornalista de ter repassado o seu número de celular ao advogado José Edgar Cunha Bueno que defendia Najila Trindade, mulher que acusa o jogador de estupro.

De acordo com o relato do repórter ao Grupo Globo, ele se limitou a passar o contato do pai do atacante ao advogado sob a justificativa de receber informações com exclusividade sobre o caso.

A Globo avaliou o repórter como um ‘excelente profissional’, mas informou que a conduta do profissional contraria as normativas que regem a empresa. Ainda de acordo com a empresa de comunicação, o repórter estará afastado da cobertura esportiva até os esclarecimento dos fatos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

'Vou querer o Neymar até a última chance pela qualidade técnica', diz Tite

Atacante Neymar está fora da Copa América, diz CBF

Brasil vence Catar em amistoso e Neymar deixa campo machucado

Mais conteúdo sobre: