GP1

Natal - Rio Grande do Norte

Altos passa sufoco com gol aos 5', empata e garante vaga na 3ª fase

O Altos sofreu gol aos 5' do 1ºT, empatou na etapa final e garantiu a classificação na Copa nos pênaltis.

ABC e Altos se enfrentaram na quarta-feira (16), no Frasqueirão, pela segunda fase da Copa do Brasil e depois de muito sufoco nos 45 minutos iniciais com falhas comprometedoras, pé descalibrado e pênalti perdido, mas uma 2ª etapa mais propositiva, o Jacaré garantiu a vaga – e consequentemente os R$1,9 milhão – nas penalidades.

O jogo

Primeiro tempo desligado

O ABC entrou no campo e já disse que entregaria a bola para o Altos jogar e ficaria ali, atento a qualquer vacilo para ligar um contra-ataque. E assim foi feito, logo aos 5’, após uma falta mal cobrada por Dieguinho, o sistema defensivo Alvinegro conseguiu uma arrancada com Kelvin, que deixou Alexandre Pinho para trás com muita facilidade, e, só com Marcelo à frente, coube ao camisa 26 servir Fábio Lima para abrir o placar.

Foto: Gabriel Leite/ Twitter AltosDieguinho marcou o gol de empate do Altos, no 2ºT
Dieguinho marcou o gol de empate do Altos, no 2ºT

Sabedores que estavam atrás do placar por conta de um erro de posicionamento, o Altos teve um 1ºT relapso e perdeu a chance do empate aos 16’ com um chute de Marconi, na pequena área, para fora - e ainda houve outra chance ainda mais clara, aos 41’. O Jacaré viu o adversário criar mais chances, a melhor delas, com Erick Varão, para ótima defesa de Marcelo, outra vez num contra-ataque. O time veio mudar a postura aos 38’ da primeira etapa, com a entrada de Dico no lugar de Alexandre e no minuto seguinte, já havia criado outra oportunidade de perigo, dessa vez com finalização de Elielton. Manoel arriscou principalmente no cabeceio, mas os lances foram para fora.

Acorda para a vida

A volta do esquema com três atacantes surtiu efeito no Altos e a equipe voltou do intervalo mais agitada, impondo pressão. Aos 5’, Erick tentou fazer um corte após escanteio para o Jacaré e a bola tocou no braço de Luís Gustavo. Pênalti assinalado. Para a cobrança, Manoel, que se concentrou e perdeu. Na tentativa de tirar de Pedro Paulo, com uma cobrança rasteira, no canto direito do goleiro – que foi na busca dela – a bola passou rente a trave. Era a terceira chance de empate desperdiçada.

Ainda assim, o Altos continuou a impor ritmo a partida e ficava muito mais tempo na área defensiva do adversário alvinegro. Aos 21’ Júlio Ferrari arriscou um chute de primeira na entrada da grande área após erro de Richardson, Pedro Paulo espalmou e Dieguinho aproveitou a oportunidade. Primeiro gol do camisa 10 do Jacaré. Aos 28’, Manoel teve mais uma chance no cabeceio e parou em um milagre do arqueiro Pedro Paulo. Nos instantes finais, Dieyson cruzou e Elielton mandou a bola na trave. Inacreditável.

Penalidades seguras

Com a definição indo para os pênaltis, o Altos escalou Elielton, Tibiri, Dico e Diego Viana e precisou apenas deles quatro para garantir a vaga isso porque Marcelo defendeu a cobrança de Richardson e Fábio Lima, aquele que havia marcado no 1ºT, mandou na trave. Mais uma vez, o camisa 1 do Jacaré é decisivo para manter a equipe viva.

Foto: Gabriel Leite/ Twitter AltosDiego Viana cobrou o pênalti que garantiu a classificação do Jacaré
Diego Viana cobrou o pênalti que garantiu a classificação do Jacaré

Classificação

Essa é a primeira vez que o Altos avança à terceira fase da Copa do Brasil, em sua quinta participação. A equipe já havia chegado à 2ª fase em 2017, quando foram derrotados nos pênaltis pelo Criciúma e 2018, caindo para o Bragantino. Na competição, a equipe piauiense que está com a Série C do Campeonato Brasileiro batendo a porta, já somou R$ 3, 270 milhões em premiações no torneio. O adversário da próxima fase será definido pela CBF por sorteio.

Próximos passos

Após a classificação, o Altos segue em viagem e agora vai a Alagoas, para encarar o CSA pela última rodada da Copa do Nordeste. A partida acontece no sábado (19), às 17h45, no estádio Rei Pelé.

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2022 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.