Chefão do Baixo Parnaíba atendeu pedido de 'piloto' e não executou idosa

- atualizado

Corre entre moradores da zona rural de Barras, Miguel Alves, Porto, Nossa Senhora dos Remédios e Campo Largo, a versão segundo a qual Haroldo Pereira de Araújo, o "chefão" de um grupo criminoso que aterroriza o Baixo Parnaíba por muito pouco não executou, com um tiro de pistola na cabeça uma mulher de 88 anos que entrou em pânico durante invasão de sua casa e começou a gritar desesperadamente.

A vítima teria revelado a moradores que "só não morri porque o ‘piloto’ (homem de confiança de Haroldo) disse: rapaz não precisa fazer isso".

O "piloto", também é conhecido na região como "miúdo" e se trata de um dos amigos do "chefão" de longas datas. O tenente Saboia, chefe do Grupamento da PM de Nossa Senhora dos Remédios, disse por telefone que existe uma verdadeira operação de guerra para prender o acusado.

Repórter de Barras que pediu omissão de seu nome, narrou, ontem, para a coluna, ocupação por policiais militares de ampla área na divisa entre Barras e Miguel Alves, onde Haroldo teria sido visto depois de invadir alguns estabelecimentos comerciais da região e entrar num mata fechada onde ele e seus comparsas se movimentam com habilidade impressionante.

"São uma espécie de vaqueiros, só que utilizando motocicletas, ninguém consegue fazer o mesmo".

EXCLUSIVAS

Discurso para holofote

Interessante é que em Teresina começaram a aparecer "juristas" fazendo coro com um discurso que defende o abrandamento de penas para facínoras, metidos a intelectuais mas todos frouxos que não conhecem a violência de perto.

Prisão perpétua

A implantação da prisão perpétua para facínoras há muito já deveria ter feito. Será que esses amolfadinhas acham que um criminoso daqueles que decapitaram colegas no presídio de Pedrinhas têm recuperação?

Sabem muito bem que não e ficam querendo posar de intelectuais.

Vejam a Alemanha

Será que esses janotinhas que defendem abrandamento de penas para facínoras sabem que na Alemanha, um verdadeiro estado de direito, com um índice de criminalidade anos luzes menor do que o do Brasil, tem prisão perpétua?

Números chocantes

O números de assassinatos no Brasil são chocantes e correspondem ao abrandamento das leis que esses amolfadinhas defendem. Em 2017, no Brasil, país que não tem prisão perpétua, foram assassinadas 65 mil e 600 pessoas. Os números são estes mesmos que você está lendo.

E na Alemanha?

Sabe quantas pessoas foram assassinadas na Alemanha, país que tem prisão perpétua, em 2017?

Somente 785 pessoas, em todo o país. Isto mesmo, em todo o território da Alemanha, um estado democrático de direito que tem as leis mais duras do que o Brasil, os números conseguem ser menores do que um único município brasileiro.

A delegada Paranhos

  • Foto: Lucas Dias/GP1Mariana ParanhosMariana Paranhos

A delegada Mariana Paranhos, que assumiu a superintendência da Polícia Federal no Piauí, anteontem, é uma especialista na lei de acesso à informação.

Respeita a lei

Mariana Paranhos respeita a lei de acesso à informação e acredita na sua importância para a vida da população brasileira.

Impacto na inteligência

Mariana Paranhos, delegada jovem e muito gentil, tem um trabalho publicado sobre o impacto da lei de acesso à informação na atividade de inteligência da Polícia Federal.

É dura na observância da lei

Preparada, gentil e disposta para o trabalho, Mariana Paranhos, não deixa de ser uma rigorosa cumpridora da lei brasileira.

Combate à corrupção

Corrupção e crime organizado serão os focos do trabalho da delegada Mariana Paranhos no Piauí, segundo conclusão deste repórter após acompanhar à distância a posse da nova superintendente da PF.

"Vamos, doutor"

  • Foto: Lucas Dias/GP1Dr. Pessoa Dr. Pessoa

Admiradores do Dr. Pessoa estão preocupados com o seu "vai e vem" entre políticos que no fundo querem mesmo é desmontar o seu prestígio em Teresina.

"Vá para o MDB"

  • Foto: Helio Alef/GP1Themístocles FilhoThemístocles Filho

Um desses admiradores disseram para este repórter ontem que o Dr. Pessoa deveria ter aceitado o convite de Themístocles Filho para se filiar ao MDB.

Com certeza, segundo o mesmo admirador, Themístocles cumpriria a palavra de fazer de Pessoa candidato a prefeito de Teresina pelo MDB.

PT quer entrar firme

  • Foto: Lucas Dias/GP1Francisco LimmaFrancisco Limma

O deputado Francisco Limma, líder do Governo na Assembleia, disse para a coluna que o Partido dos Trabalhadores tem bons e grandes nomes para disputar a eleição de prefeito de Teresina.

Teresa não abre

  • Foto: Lucas Dias/GP1Teresa BrittoTeresa Britto

A deputada Teresa Britto disse que não abrirá mão da sua obrigação e do seu dever de fiscalizar os hospitais do Piauí durante o seu mandato. Disse que vai até o fim.

Recado para Wellington

  • Foto: Helio Alef/GP1Wellington DiasWellington Dias

Teresa Britto disse que se o governador Wellington Dias não quiser críticas contra o "estado caótico" da saúde pública no Piauí, vai ter que trabalhar muito nos próximos anos.

Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.

Sobre o autor

Bacharel em Direito, Feitosa Costa é jornalista desde 1977 e escreve a Coluna Política & Bastidores. Contato: (86) 98162 1515 / 99987 8114