GP1

Esportes

Hall da Fama homenageia Bill Russel e outros 15 nomes do basquete

O Hall da Fama de Naismith tem o papel de preservar a história do esporte

O Hall da Fama do Basquetebol - Memorial Naismith consagrou mais 16 ídolos na Classe 2021, em Springfield, local em que o esporte nasceu. O evento, que ocorre anualmente, tem por atribuição preservar a memória do jogo, homenageando assim, aqueles e aquelas que o constroem, em quadra.

Nomes como Paul Pierce, Chris Bosh, Chris Webber e Ben Wallace compuseram a Classe, no mesmo dia que as jogadoras da WNBA (Women’s National Basketball Association) Lauren Jackson e Yolanda Griffith. Rick Adelman foi homenageado como treinador.

O multi-campeão Bill Russel atuou durante 13 anos no Boston Celtics, é dono de 11 anéis da NBA, e primeiro treinador afro-americano, assumiu seu segundo posto no Hall da Fama, agora como técnico.

Outros nomes como Toni Kukoc, do Chicago Bulls, Val Ackerman, primeira presidente da WNBA entre 1996 e 2005; o técnico universitário Jay Wright e Pearl Moore fecharam as homenagens da noite.

Destaques

Primeiro jogador não-draftado na NBA, Ben Wallace foi um dos homenageados da noite. O ex-pivô e campeão pelo Detroit Pistons construiu um longo caminho de trabalho até se consagrar na Liga. Big Ben, como era conhecido, entrou para o basquete em 1996, mesmo ano de Kobe Bryant, Steve Nash e Allen Iverson.

Quatro vezes All-Star, cinco vezes All-NBA e campeão, o pivô de características defensivas marcantes, é o primeiro jogador a não ser recrutado no draft a compor a classe do Hall da Fama.

Veja o discurso de Ben Wallace.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.