Teresina - PI

Suplentes aguardam Wellington Dias resolver impasse na Alepi

“É hora de aguardar e ver como o governador vai se posicionar, ele é o chefe maior do Estado e esperamos que essa situação seja resolvida”, ressaltou Belê Medeiros.

Germana Chaves
Teresina
- atualizado

A suplente de deputada estadual Belê Medeiros (PP) afirmou durante entrevista ao GP1, nessa segunda-feira (16), que teria agido de maneira diferente dos deputados titulares que retornaram de surpresa para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), desalojando os seis suplentes que estavam no cargo.

Belê, que foi uma das desalojadas, espera um posicionamento do governador Wellington Dias a fim de contornar a situação e disse ainda que não vai polemizar a questão para evitar mal-estar na base aliada. “É hora de aguardar e ver como o governador vai se posicionar, ele é o chefe maior do Estado e esperamos que essa situação seja resolvida”, ressaltou Medeiros.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Belê MedeirosBelê Medeiros

Ela frisou que não sabe qual motivo levou ao retorno repentino dos titulares das cadeiras na Alepi e que não esperava o “contratempo”.

“Eu, se estivesse no lugar deles [titulares], teria adotado uma postura diferente, mas respeito. Não sei qual foi a motivação que levou os nossos amigos [a retornarem sem aviso prévio]. Quero bem a todos, por isso, prefiro não polemizar para não criar nenhum mal-estar. Foi um contratempo que a gente não esperava que acontecesse”, lamentou Belê.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Pablo Santos diz que titulares deixam Alepi após votação do empréstimo

Themístocles diz que deputados titulares são ‘donos’ dos mandatos

Deputados titulares retornam à Alepi sem comunicar os suplentes