GP1

Política

Empresário Valdeci Cavalcante e filho se filiam ao Progressistas

O evento de filiação aconteceu no prédio do Sesc da Avenida Cajuína, na zona leste de Teresina.

Lucas Dias/GP1 1 / 10 Valdeci Cavalcante se filia ao Progressistas Valdeci Cavalcante se filia ao Progressistas
Lucas Dias/GP1 2 / 10 Valdeci Cavalcante discursa durante o evento Valdeci Cavalcante discursa durante o evento
Lucas Dias/GP1 3 / 10 Evento de filiação aconteceu esta sexta-feira (08) Evento de filiação aconteceu esta sexta-feira (08)
Lucas Dias/GP1 4 / 10 Ciro Nogueira Ciro Nogueira
Lucas Dias/GP1 5 / 10 Ciro Nogueira discursa Ciro Nogueira discursa
Lucas Dias/GP1 6 / 10 Lideranças do Progressistas presentes no evento Lideranças do Progressistas presentes no evento
Lucas Dias/GP1 7 / 10 Margarete Coelho, Valdeci Cavalcante e Ciro Nogueira Margarete Coelho, Valdeci Cavalcante e Ciro Nogueira
Lucas Dias/GP1 8 / 10 Marden Menezes e Sílvio Mendes também estiveram presentes Marden Menezes e Sílvio Mendes também estiveram presentes
Lucas Dias/GP1 9 / 10 Evento aconteceu no Sesc da Avenida Cajuína Evento aconteceu no Sesc da Avenida Cajuína
Lucas Dias/GP1 10 / 10 Valdeci Cavalcante, Ciro Nogueira e Júlio Arcoverde Valdeci Cavalcante, Ciro Nogueira e Júlio Arcoverde

O empresário Valdeci Cavalcante, presidente da Federação do Comércio do Distrito Federal (Fecomércio-DF), e o seu filho Dênis Cavalcante se filiaram na manhã desta sexta-feira (08) ao partido Progressistas. O evento de filiação aconteceu no prédio do Sesc da Avenida Cajuína, na zona leste de Teresina.

Em entrevista à imprensa, Valdeci Cavalcante afirmou que decidiu se filiar ao Progressistas para ajudar no projeto do partido. “Nossa família pensou muito antes de ingressar no Progressistas porque viemos não para buscar cargos ou importância política, de forma nenhuma, viemos para colaborar com o projeto de engrandecimento do nosso estado, temos que acabar com essa história de Piauí pobre, Piauí pequeno, sem um porto, sem ferrovias, sem produção”, declarou.

“Tempos que pensar em grandes obras para o Piauí, porque o Piauí é um estado que pode alimentar o mundo, cadê as nossas ferrovias, rodovias, os nossos rios navegáveis? Precisamos fazer isso para libertar o estado e transformá-lo num arrecadador de impostos para ajudar a população mais carente”, completou o empresário.

Valdeci disse ainda que, se for da vontade de Ciro Nogueira, ele será candidato nas eleições de 2022. “Se for preciso um candidato e o presidente Ciro nos indicar, nós vamos colaborar com o que pudermos fazer”, enfatizou.

O ministro-chefe da Casa Civil e presidente do Progressistas, Ciro Nogueira, comemorou a filiação do empresário. “É um dos maiores líderes empresariais do Brasil e vem agora para nos ajudar nesse processo de mudança no nosso estado”, destacou.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.