GP1

Política

Ciro Nogueira quer inclusão de prefeitos e governadores na 'CPI da Covid'

"Se é para investigar, vamos investigar tudo", afirmou o senador ao GP1.

O senador Ciro Nogueira (Progressistas) revelou ao GP1, na manhã deste sábado (10), que vai propor junto ao Senado Federal que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, instaurada a princípio apenas no âmbito do Governo Federal, também investigue a ação de governadores e prefeitos durante a pandemia.

O presidente nacional do Progressistas já elaborou a proposta, que deve ser encaminhada ao presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). “Esta semana vou apresentar [a proposta de incluir prefeitos e governadores]”, declarou.

Foto: Lucas Dias/GP1Ciro Nogueira
Ciro Nogueira

Ciro ressaltou que é de acordo com a CPI, desde que ela seja instaurada nas três esferas do poder executivo (municipal, estadual e federal). “Lógico, se é para investigar, vamos investigar tudo”, frisou o senador da República.

CPI

Na última quinta-feira (08) o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o presidente do Senado instaure a “CPI da Covid” para investigar ações do Governo Federal na pandemia. A determinação atendeu a pedido formulado pelos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO).

Já nesta sexta-feira (09), Rodrigo Pacheco disse que vai cumprir a decisão do STF. Ele afirmou que “decisão judicial se cumpre” e disse respeitar a determinação de Barroso por “responsabilidade institucional e cívica”.

O presidente do Senado vai ler em plenário o requerimento de instalação da CPI na próxima semana e abrir a indicação de seus integrantes, que deve ser feita pelos líderes partidários.

O prazo de duração da CPI é de 90 dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Mais conteúdo sobre:

Ver todos os comentários   | 0 |

Facebook
 
© 2007-2021 GP1 - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.