Política

"O Ciro tem que assumir as coisas", diz Ronaldo Lages sobre áudio

"Toda vez ele fica em cima do muro, nessas politicazinhas dele, nessas coisas dele, por isso que nunca foi governador", disse o ex-prefeito em áudio.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Andressa Martins
Teresina
- atualizado

Circula nas redes sociais um áudio do ex-prefeito de Nossa Senhora dos Remédios, Ronaldo Lages confessando que foi responsável pela divulgação de áudio onde o senador Ciro Nogueira (PP) aparece tramando contra o governador Wellington Dias (PT).

A gravação de Ciro Nogueira repercutiu bastante nos bastidores da política na última semana e o senador chegou a se manifestar afirmando que se trata de fake news. Agora vazou um novo áudio, dessa vez do ex-prefeito Ronaldo Lages, confessando a autoria da divulgação.

  • Foto: Reprodução/FacebookRonaldo LagesRonaldo Lages

Ronaldo diz que Ciro “não se separa” de Wellington “para não dividir as coisas” e pediu que o senador assuma sua posição. O ex-prefeito disse que não divulgou o áudio de propósito.

“O Ciro é igual ao marido que não gosta da mulher e não se separa, só para não dividir as coisas. Agora é só o Ciro assumir a posição. Eu não fiz de intenção, ele sabe disso, eu não mando áudio de ninguém. Eu sou amigo do Ciro há 30 anos, da gente conversar, eu não fiz isso de propósito, o Ciro sabe, e se não souber, problema dele, eu não fiz de propósito, e minha consciência está tranquila”, afirmou.

“Por isso nunca foi governador”

Ronaldo Lages ainda destacou que o governador já sabia das intenções de Ciro e que o senador costuma ficar “em cima do muro”, sendo esse o motivo de nunca ter conseguido apoio para se lançar candidato a governador do Piauí.

“Agora o Wellington Dias já sabia. O Ciro tem que assumir as coisas. Toda vez ele fica em cima do muro, nessas politicazinhas dele, nessas coisas dele, por isso que nunca foi governador. É tão simples ele chegar para o Wellington e dizer: Wellington tu já foi governador quatro vezes, eu tenho vontade de ser e acabou-se. Ele não vai perder nada com isso, ele é senador. Eu acho que é por aí”, destacou.

Confira áudio de Ronaldo Lages:

O ex-prefeito

Ronaldo Lages é alvo de várias ações por crimes de corrupção. A última condenação aconteceu no dia 1º de outubro, quando ele foi condenado pela Justiça Federal a 1 ano e 9 meses de prisão por falsificação de documento particular, falsidade ideológica e uso de documento falso no ano de 2003.

Além dos casos de corrupção, ele foi condenado em 2015 pela Justiça por ter matado culposamente no trânsito a biomédica Joysa Ribeiro Barros e lesionado Francisco Richard de Moura Morais, no dia 25 de maio de 2013. Na ocasião o juiz condenou Ronaldo Lages a 2 anos e 6 meses de detenção por infração ao art. 302, caput, da Lei 9.503/97, mas determinou o cumprimento da pena em regime aberto e converteu a pena privativa de liberdade em 2 penas restritivas de direitos: prestação de serviços à comunidade e restrições de finais de semana.

Entenda o caso

Na gravação obtida pelo GP1, a voz atribuída ao senador diz que será candidato ao Governo do Estado e caso não tenha o apoio do petista, vai sair candidato da oposição e vai tentar eleger um senador. “Se Wellington brigar, vai perder o Senado”, diz o áudio.

Comenta ainda o fato de que Wellington Dias deve sair candidato ao Senado e deixar Regina Sousa (PT) no Governo. Segundo o áudio, de acordo com as pesquisas, Ciro aparece “disparado na frente” de qualquer um dos candidatos que podem ser apoiados por Wellington.

  • Foto: Alef Leão/GP1Ciro NogueiraCiro Nogueira

“Eu não sei fazer nada pela metade. Fiz uma pesquisa agora, você sabe que eu nunca fui popular demais, meu negócio mesmo é estrutura. Estou disparado na frente. Qualquer candidato do Wellington eu boto quatro por um”, diz o áudio.

Para o Senado, ainda conforme o áudio, Ciro teria registrado pesquisas com três possíveis candidatos: Margarete Coelho, Iracema Portella e Firmino Filho. A gravação diz que que tanto Iracema quanto Margarete aparecem com um ponto percentual na frente de Wellington, mas Firmino Filho está com 15 pontos à frente.

“Eu fiz uma pesquisa para senador, botei três candidatos: a Margarete, Iracema e o Firmino. Coloquei a Iracema porque se eu não fosse candidato a governador, colocava o Firmino para o Governo. A Iracema e a Margarete ganham do Wellington por um ponto. E o Firmino, com meu apoio para o Senado, já está com 15 pontos na frente do Wellington”.

Ouça o áudio

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Senador Ciro Nogueira chama de fake news áudio atribuído a ele

Rejane Dias age com cautela ao tratar sobre áudio de Ciro Nogueira

Após polêmica de Ciro, Magalhães aconselha cautela com áudios